Dicas para encontros seguros

Recon é um ótimo lugar para se fazer amigos, permitindo que você troque mensagens, interaja ou mesmo conheça outras pessoas (seja em particular, seja em um de nossos muitos eventos ao redor do mundo).

Conhecer novas pessoas pode ser muito divertido, mas ao mesmo tempo encorajamos que você o faça de forma segura. Nossas orientações para encontros seguros são passadas para aumentar a conscientização e para fazer que você pense em como se comportar ao conhecer e ao se divertir com outras pessoas, tanto na internet quanto no mundo real.

Você pode fazer muito para garantir sua segurança (por exemplo, dizer a um amigo onde você está indo e quando irá voltar), mas sempre haverá um fator de risco ao conversar ou se encontrar com alguém pela primeira vez – seja na internet ou em um bar.

Reserve um tempo para ler as seções abaixo:

Redigindo seu perfil
Mensagens
Encontros
Sexo seguro
Diversão segura
Drogas e álcool


Muitos desses conselhos são apenas bom senso, mas não custa relembrar.

Divirta-se de forma segura!

Redigindo seu perfil

A maioria das pessoas nos sites de relacionamento é sincera. No entanto, não se esqueça de que seu perfil pode ser lido por pessoas que nem sempre são bem-intencionadas como você gostaria. Existem criminosos que saem pela internet em busca de endereços de e-mail e outras informações  que são valiosas quando combinadas (exemplo: endereço da sua casa combinado com a informação de que você está viajando).

Para ajudar a garantir sua segurança e prevenir roubo de informações sigilosas, nós sugerimos que você não coloque informações muito pessoais em seu perfil, tais como:

  • Endereço completo e código postal;
  • Números de telefone e celular;
  • Endereços de e-mail;
  • Números de cartão de crédito;
  • Detalhes da conta bancária;
  • Data de nascimento;
  • Nome da sua empresa ou onde você trabalha;
  • Horários específicos ou lugares que você frequenta.

Mensagens

Deixe seu instinto te guiar e não continue a conversa se você acha que a outra pessoa:

  • Possa estar mentindo;
  • Conta uma estória inconsistente;
  • Tenha feito comentários inapropriados;
  • Tenha ido além dos limites comuns de uma conversa; ou
  • Se você tiver um pressentimento de que algo não está certo durante ou depois da conversa.

Encontros

  • Leve  o tempo que for necessário – tenha um "feeling" da pessoa antes do encontro;
  • Falem ao telefone algumas vezes antes de se encontrarem pessoalmente;
  • Encontre a pessoa em locais  públicos;
  • Não aceite, logo de início, um convite para a casa dele, ao menos que você saiba que ele é de confiança;
  • Encontre a pessoa em um lugar onde outros estejam presentes;
  • Não aceite ser pego em sua casa;
  • Sempre disponha de seu próprio transporte de ida e volta do lugar de encontro;
  • Diga a um amigo onde você irá encontrar a outra pessoa, aonde vocês irão e quando você irá voltar;
  • Deixe o nome e o telefone da pessoa que você irá encontrar com um amigo ou onde eles podem ser encontrados caso você demore a chegar;
  • Mande pra você mesmo um e-mail dizendo onde você está indo se divertir, quando volta, com quais pessoas e os contatos delas;
  • Ligue para um amigo para dizer que está em segurança quando você se encontrar a outra pessoa;
  • Combine um "código" com seu amigo para dizer que você está preocupado;
  • Se você convidar alguém para ir à sua casa, não deixe objetos de valor à vista nem deixe a outra pessoa sozinha – ao menos que você saiba que ela é de confiança.

Use seu julgamento e lembre-se que é você quem toma as decisões:

  • Você decide quando você estará confortável para se encontrar com alguém.
  • Você não é obrigado a sair com ninguém, não importa quantos e-mails ou mensagens vocês trocaram.
  • Se você não estiver confortável uma vez que se encontrou com a outra pessoa, simplesmente saia e vá pra casa – não continue se você não estiver afim.

Na dúvida, não saia!

Sexo seguro

Existem várias medidas que você pode tomar para reduzir os riscos de transmissão de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs):

  • Pratique sexo seguro para minimizar o risco de doenças sexualmente transmissíveis.
  • Use preservativos (camisinhas) e lubrificantes a base de água para o sexo anal.
  • Não use lubrificante a base de óleo com preservativos ao menos que eles sejam feitos para este fim – muitos óleos enfraquecem a borracha do preservativo.
  • Mesmo o sexo oral sendo considerado como de menor risco de transmitir o HIV e outras DSTs, algumas pessoas preferem minimizar tal risco ainda mais usando preservativos.
  • Quadrados de látex chamados de Dams estão disponíveis para fazer cunete
  • É recomendado o uso de luvas para o Fisting.
  • Equipamentos inseríveis e brinquedos como sondas, consolos, butt-plugs e duchas devem ser esterilizados completamente antes de cada uso e, com certeza, esterilizados antes de serem usados em outras pessoas. O ideal seria que eles fossem usados em apenas uma pessoa.
  • Usar uma camisinha nova em um consolo irá ajudar a minimizar o risco de infecção cruzada.
  • Chicotes, açoites, palmatórias e outros devem ser corretamente esterilizados, especialmente se houver ferimentos na pele.

Consulte um especialista ou um posto de saúde local para mais informações sobre os métodos de prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

Diversão segura

Diversão segura é estar consciente dos possíveis riscos e decidir qual ação tomar para minimizá-los.

Duas siglas comuns dentro da cena BDSM (Bondage e Disciplina, Dominação e Submissão, Sadismo e Masoquismo) são SSC (Seguro, São e Consensual) e PCCR (Perversão Consensual Consciente dos Riscos – do inglês Risk Aware Consensual Kink: RACK). Existem livros inteiros e sites sobre o assunto, mas muito depende do seu julgamento pessoal.

  • Tenha certeza de que você sabe os limites de seus parceiros. Converse com eles antes, seja na internet ou pessoalmente. E permaneça dentro dos limites  combinados!
  • Se você curte bondage ou qualquer outro tipo de diversão BDSM, combine uma "palavra de segurança" antecipadamente. Este é um código que significa "Pare!". Deve ser algo que você se lembre facilmente e que não apareça em uma conversa comum. Quando você disser a palavra, seu parceiro saberá que é um sinal de que algo está errado e que ele precisa parar imediatamente. Sempre PARE se seu parceiro te pedir. Um sistema comum de "palavras de segurança" é Vermelho, Laranja, Verde:

    • Vermelho = PARE AGORA
    • Laranja = Quase vermelho
    • Verde = Estou bem

  • Se você estiver usando mordaças ou outros tipos de acessórios para a cabeça, assegure-se de que tenha sido combinado um gesto de segurança (no lugar de uma palavra de segurança), já que seu parceiro não poderá falar. Assegure-se de que haja uma maneira clara para que ele possa dizer que está em dificuldade.
  • Se você imobilizar seu parceiro, confira a circulação e a respiração dele regularmente. Não deixe uma pessoa imobilizada sozinha, por qualquer motivo que seja. Sempre esteja na mesma sala que ela. Não passe cordas pelo pescoço ou muito apertadas pelo peito. Há cursos disponíveis para aqueles interessados em aprender sobre Bondage e Sadomasoquismo seguros.
  • Tenha um par de tesouras afiadas e sem ponta (ou tesouras médicas) à mão, no caso de você precisar soltar seu parceiro rapidamente. Evite tesouras com pontas ou facas, uma vez que elas podem causar ainda mais danos.
  • Esteja consciente de que seu parceiro precisa respirar. Então, não cubra o nariz e boca ao mesmo tempo. O controle de respiração é uma pratica sexual extremamente perigosa. Saiba dos riscos e aprenda o básico da ressuscitação cardiorrespiratória.
  • Se você ou o seu parceiro tiverem problemas específicos (ex: epilepsia, alergias), tomarem algum medicamento ou sofrerem de alguma fobia (ex: claustrofobia), tenham certeza de que estejam cientes disso e que estejam confortáveis para continuar.

Quer mais conselhos sobre riscos específicos? Existem muitas fontes disponíveis na internet e em livros. Você também pode falar com pessoas que curtem a prática. Muitas pessoas ficarão felizes em ajudar ou aconselhar no que elas puderem.

Drogas e álcool

  • Se você nunca experimentou drogas ou ingeriu álcool, não experimente em uma situação na qual você não poderá pedir ajuda se precisar.
  • Não se sinta obrigado a usar drogas ou ingerir álcool se forem oferecidos a você. Lembre-se que é você quem toma as decisões.
  • Não aceite das pessoas bebidas ou drogas as quais você não sabe o que contém.
  • Não deixe fora de vista bebidas em clubes ou bares.
  • Nunca use drogas que possam alterar sua capacidade de perceber que outra pessoa está em perigo ou a habilidade dela em te dizer isso.
  • Drogas e álcool podem alterar a autoconsciência e você poderá não perceber que há algo de errado.
  • Faça pausas frequentes em sessões mais longas e permita que seu parceiro relaxe.
  • Tome muita água e reidrate-se regularmente.